segunda-feira, 23 de maio de 2016

15 apps para ganhar dinheiro: veja como faturar um extra com seu smartphone

Na era mobile, quando existe aplicativo para tudo, tem plataforma também que rende uma grana extra.  Ainda que o dinheiro não caia do céu nem brote em árvore, o CORREIO prova que é possível sair no lucro só usando o smartphone. Pelo menos em 15 aplicativos (app) o usuário tem como ganhar dinheiro e acumular créditos que podem chegar a R$ 1,5 mil, dependendo de qual seja o app e do nível de engajamento e acesso à ferramenta. 

De pouquinho em pouquinho, a recompensa vai direto para a conta bancária, como aconteceu com o engenheiro Marcos Vinicius de Oliveira, que de setembro para cá conseguiu saques de R$ 200 com um desses aplicativos.
“O ganho é fácil e sem exigir muito esforço. Nunca levei mais de três minutos para responder a uma das pesquisas”, conta. O que conseguiu acumular ajudou a segurar as despesas do dia a dia. “ É um dinheiro muito bem-vindo e que me ajuda bastante”, acrescenta o engenheiro.  

Marcos Vinícius é um dos 3 mil usuários baianos ativos que utilizam o Pinion. Em todo o  país, são 290 mil cadastrados. A startup estima ter pago quase R$ 2 milhões de recompensas em três anos. “O Pinion tem dois tipos de missões: as virtuais e as localizadas. Se o usuário está focado em ganho, as localizadas são as que pagam mais”, afirma o cofundador do Pinion Theo Hamaoui. O Pinion paga até R$ 2 nas missões virtuais  e  R$ 10, pelas localizadas. “O usuário do aplicativo chega a obter ganho real de R$ 150 por mês, caso seja ativo no aplicativo e busque bastante missões”.

Outro app que remunera seu usuário é o PiggyPeg. Segundo o criador da ferramenta, Eduardo Moreira, o PiggyPeg conta com usuários que atingem marcas de até 20 resgates para a conta bancária com mais de R$ 1,5 mil acumulados. A possibilidade de engordar o porquinho virtual aumenta após a implantação do novo sistema de nota fiscal privada. Após acumular R$ 20, o usuário recebe o crédito diretamente em conta corrente. “Os usuários de qualquer região podem faturar, ao enviar pelo app notas fiscais contendo CPF em até 24 horas depois da compra e pronto: isso vai direto para o cofrinho. 

É um benefício real que aumenta o poder de compra e cria uma relação de reciprocidade entre lojista e cliente”, ressalta.

Mais recompensas
Para aqueles que preferem ganhar prêmios e agregar conteúdo, o aplicativo Qrânio é mais uma opção que converte o acesso a plataforma em benefícios. Aproximadamente 1,3 milhão de usuários estão conectados ao aplicativo. “Queria combater esse monte de ‘candy crush’ que rouba o tempo das pessoas e não dá nada em troca. Em uma das premiações do aplicativo, distribuimos uma bolsa de graduação para o melhor usuário”, lembra Samir Iásbeck, criador da plataforma.

Até mesmo a prática de atividade física dá algo a mais do que saúde em troca. Esta é a proposta do app Mova Mais que troca o hábito de praticar exercícios por pontos na Rede Fidelidade Multiplus. Atualmente, o Mova Mais conta com mais de 210 mil usuários inscritos. Na Bahia, são aproximadamente 10 mil usuários da plataforma. “Basta cumprir  um desafio que a plataforma propõe regularmente, manter os combos previstos e, a partir daí, otimizar os seus ganhos” é o que recomenda o cofundador do Mova Mais Fernando Aquino.    
Sites
Não só aplicativos, mas também alguns sites contam com aplicações que recompensam o seu usuário com dinheiro. Um deles é o Compra e Volta, que devolve  no mínimo de 10% de dinheiro de volta em todas as compras feitas pelo site, que é conveniado a mais de 130 lojas de e-commerce, entre elas Magazine Luiza, Casas Bahia e Ricardo Electro. “O brasileiro  começa a abrir espaço para novas alternativas de poupar dinheiro”, afirma o gerente geral da área de Online da Affinion Brasil, Ricardo Cassettari. Lançado na última semana, um outro site promete ganhos de até R$ 5 mil. A proposta do Buzz Page é servir como uma rede social que paga ao usuário o conteúdo que ele publica, como explica seu criador, Reginaldo Pereira. “Tudo o que as pessoas inserem é remunerado. A gente aloca este conteúdo e busca patrocinadores convertendo isso em ganho financeiro”. 

O site deve ganhar uma versão mobile a partir de setembro. “Quanto melhor o desempenho e a performance do conteúdo, melhor também será a remuneração paga por ele”, completa Pereira.  Sites de opinião, como o Qualibest, também operam com recompensas em troca de avaliações feitas por usuários. “Em um ano,  uma pessoa comum pode ganhar até R$ 100 respondendo pesquisas”, pontua a diretora do QualiBest, Daniela Malouf.

Diante de tantas opções para buscar uma grana extra, o educador financeiro Angelo Guerreiro recomenda que, antes de baixar qualquer aplicativo, vale verificar a reputação da plataforma e pesquisar mais sobre ela na internet. “Faça uma boa pesquisa e não deixe de conhecer melhor como o aplicativo funciona e vai pagar as recompensas que foram prometidas”, aconselha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário