quinta-feira, 26 de maio de 2016

Acidente mata casal e os quatro filhos pequenos

Um homem, a mulher dele e os quatro filhos pequenos morreram na noite de quarta-feira (25), após o carro (Picape) em que eles estavam bater de frente com um ônibus. A tragédia aconteceu na BR-367, num local conhecido como Curva do Lixão, próximo ao distrito de Pindorama, em Porto Seguro.

O carro de passeio era dirigido pelo garçom José Veloso, de 38 anos. Segundo testemunhas, ele acabou se perdendo na curva, quando tentava ultrapassar um caminhão-caçamba. Quem assistiu ao acidente relatou que a manobra feita por José tornou inevitável o choque com o ônibus que transportava universitários de Porto Seguro para Eunapólis.

José e os outros cinco ocupantes da Picape morreram na hora. Além dele, estava no carro a esposa Eliane Alves de Souza, de 31 anos, e os filhos do casal: Gabriel, de 10; Pedro, de oito; Arthur, de sete; e Samuel, de apenas cinco anos. A família ficou presa nas ferragens. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal de Porto Seguro. Veloso trabalhava como garçom há mais de 25 anos na "Barraca do Gaúcho". Ele era filho de "Toco", o popular administrador do bairro Baianão.

Quantos aos ocupantes do ônibus, apenas o motorista, identificado apenas como Gideon, sofreu ferimentos graves. Ele ficou preso nas ferragens e fraturou as duas pernas. Já os estudantes, menos de 10, segundo a Polícia Rodoviária Federal, sofreram escoriações. Foram medicados no Hospital de Base de Porto Seguro e já tiveram alta.



Nenhum comentário:

Postar um comentário