quarta-feira, 4 de maio de 2016

Afastado, Geraldo Luís é expulso de camarim pela Record, diz colunista

A Record já tirou Geraldo Luís do ar em definitivo e agora está analisando a possibilidade de uma rescisão contratual de maneira unilateral, sem pagamento de multa ao apresentador. No último final de semana, segundo o Uol, Geraldo foi expulso do camarim que utilizava no estúdio da emissora em São Paulo.
 
Os pertences de Geraldo foram colocados em caixas e as roupas que ele usava, que eram emprestadas por fabricantes e lojas, já foram devolvidas. Agora, a emissora fará uma reforma no local para que outro apresentador utilize. 

A rescisão de contrato seria uma medida drástica da emissora, que costuma punir seus apresentadores em geral apenas com períodos na "geladeira", como aconteceu com Britto Jr, que pediu para anunciantes salvarem o "Programa da Tarde", deixando o departamento comercial da emissora se sentindo humilhado.

Geraldo Luís teve comportamento considerado mais grave. No programa do último dia 17, desobedeecu às ordens do diretor, que pedia que ele parasse um desabafo em que acusou a Record de fazer cortes desrespeitosos em uma reportagem sua. O bispo Edir Macedo estava acompanhando em tempo real a situação, sintonizado para acompanhar a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Nenhum comentário:

Postar um comentário