terça-feira, 17 de maio de 2016

Aumenta o número de baianos inadimplentes com a Coelba e Embasa

Depois de ter se complicado no pagamento do cartão de crédito e no empréstimo no banco, o baiano endividado agora já começa a também comprometer a quitação das faturas dos serviços básicos de água, luz e telefonia. É o que revela o mais recente levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). 

Os dados mostram que o estado acompanha a tendência nordestina que apresentou, em abril, crescimento médio de 15% na inadimplência dessas contas, em relação ao mesmo período no ano passado. É a maior alta entre os segmentos avaliados para a inadimplência, que, além das dívidas com bancos e cartões de crédito (responsáveis por 42% dos débitos), incluem os débitos dos consumidores junto ao comércio (21% do total). 

O que ocorre é que, embora figurem em terceiro e quarto lugares no montante das dívidas dos consumidores, os débitos com água e luz (que representam 13% do total) e comunicação (10%) são, entretanto, os que mais estão crescendo ultimamente: 15% e 9%, respectivamente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário