terça-feira, 3 de maio de 2016

Câmara promove nova reunião sobre os atrasos dos repasses para a Maternidade Ester Gomes

A Câmara de Itabuna, em atendimento a uma solicitação do vereador Carlito do Sarinha, realizou, na manhã desta terça-feira, 3, mais uma reunião com o objetivo de solucionar o impasse envolvendo os atrasos nos repasses de recursos para a Maternidade Esther Gomes, também conhecida como Mãe Pobre. O encontro foi promovido na Sala de Comissões Técnicas Filemon de Souza Brandão e contou com a presença da equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde e do coordenador-geral de Serviços Internos da Maternidade, José Leopoldo dos Anjos.

O encontro foi promovido com o intuito de buscar soluções para o impasse envolvendo os atrasos de recursos dos meses de janeiro e fevereiro junto à Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). No entanto, a representante convidada por meio de ofício, a coordenadora do Núcleo Regional de Saúde (NRS), Marise Eduane, não compareceu à reunião, em virtude de uma agenda em outro município. “A Secretaria Municipal de Saúde já tem um posicionamento e aguarda, agora, a presença da representante da Secretaria do Estado da Bahia”, declarou a diretora de Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde, Luciana Pinheiro.

O impasse foi gerado a partir de uma falha no fluxo de informações relacionado à autorização de cirurgias eletivas, já que o encaminhamento desse fluxo foi feito ao Governo do Estado, que aprovou a realização dos procedimentos. No entanto, essa autorização, que assegura ao prestador o recebimento dos repasses, é de competência do Município. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, no mês março o fluxo foi encaminhado regulamente e a Prefeitura já deverá efetuar o pagamento nos próximos dias.

Os dois meses em atraso totalizam R$120 mil. “Na realidade, o que houve foi um equívoco, mas estamos tentando achar uma solução política, pois não é justo que a Maternidade deixe de receber, pois ela realizou o serviço”, disse Leopoldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário