sábado, 14 de maio de 2016

Fugitivo Gabriel Cairo é apedrejado em Itororó, iria matar um rival


O ex-jogador de futebol Gabriel Cairo, 23 anos, com passagens pelo Itabuna Esporte Clube, Atlético Mineiro e Atlético Paranaense, hoje foragido da justiça de Itabuna, foi apedrejado na manhã de hoje (14) em Itororó. Segundo informações policiais, ele estava armado e iria matar um rival de facção. Porém, dois homens lhe “pegaram” primeiro e lhe agrediram com pedras. O SAMU está prestando socorro.

De acordo com as informações apuradas pelo Plantão Itabuna, Gabriel estaria na caça de um bandido chamado “Danilo”, pois o mesmo sofreu uma tentativa de homicídio há uma semana, sendo alveja por três tiros. Ao sair do hospital, a vítima começou ameaçar que mataria a todos os envolvidos. Mas, Cairo teria sido enviado para terminar o “serviço”, acabou se dando mal. Essa versão ainda não foi confirmada pela polícia, pois no local, o apedrejado ainda não revelou a sua verdadeira identidade.
Vida pregressa

Segundo pessoas próximas ao ex-jogador, ele teve tudo que a família poderia oferecer para ser um grande atleta do futebol, viajou para fora do estado, retornou para o Itabuna, brilhou nos gramados, entretanto, a escolha final foi dele, indo para o caminho do crime.

No último dia 27 de maio de 2015, ele foi preso com oito papelotes de cocaína, 10 pedras de crack, 16 buchas de maconha, 3 tabletes pequenos de maconha, dinheiro, balança de precisão e 4 facas. Gabriel foi detido e encaminhado ao complexo policial. Saiu no indulto de natal e não retornou mais, sendo considerado foragido da justiça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário