domingo, 1 de maio de 2016

Geraldo vai utilizar Plano de Governo Participativo (PGP) na pré-campanha

O pré-candidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), reuniu militantes e simpatizantes para discutir ações da pré-campanha 2016. Uma das propostas em discussão foi o Programa de Governo Participativo (PGP), estratégia utilizada pelo PT na eleição do governador Rui Costa (2014), que será adaptado ao pleito municipal nas cidades onde o PT terá candidatos. 

Em sua fala, Geraldo falou sobre a necessidade do PGP ao apontar problemas da atual gestão, como na saúde, no abastecimento de água, na infraestrutura e até em relação às festas populares. “Vamos chamar a população a discutir e nos apontar aquilo que é prioridade em suas comunidades”. 

De acordo com Geraldo, o PGP deve se iniciar no próximo dia 7 de maio, no bairro São Caetano. “Vamos conversar com toda a cidade, com a população em geral e com os diversos segmentos, como artistas, juventude, mulheres, negros, sindicalistas etc”.
Na plenária de hoje, realizada no Espaço Bosque Epicurista, no bairro São Judas, participaram cerca de 500 pessoas. Marcaram presença ainda o prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, o representante do Diretório Estadual do PT, Murilo Brito, representantes do governo estadual, como o chefe de Gabinete da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), Luiz Viana, da Ceplac, além dos vereadores Paulino do INSS e Júnior Brandão e diversos pré-candidatos a vereador.