quinta-feira, 19 de maio de 2016

Grupo para ambulância para matar jovem que sobreviveu a ataque no ES

Um rapaz foi assassinado dentro de uma ambulância em Pinheiros, interior do Espírito Santo, quando acompanhava um amigo que havia sido baleado, mas se fingiu de morto e acabou sobrevivendo ao segundo ataque. De acordo com a Polícia Civil, os dois jovens estavam sentados na calçada quando homens em uma moto se aproximaram e dispararam contra a dupla.

Os disparos acertaram Valter de Jesus Ribeiro, de 22 anos. Já Patrick Silva dos Santos, de 21, que acompanhava o rapaz, saiu correndo para pedir ajuda.

Uma ambulância municipal foi até o local. Durante o trajeto ao Hospital Municipal de Pinheiros, o veículo foi interceptado por criminosos armados, que haviam atirado na dupla minutos antes.

Os homens obrigaram o motorista da ambulância a abrir a porta e executaram Santos, que acompanhava o amigo baleado. Ribeiro só se livrou de mais tiros porque se fingiu de morto. Os suspeitos fugiram. O sobrevivente foi encaminhado ao hospital. Segundo a polícia, a motivação do crime pode estar ligada ao tráfico de drogas. Ninguém foi detido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário