quarta-feira, 4 de maio de 2016

Itambé: Polícia Civil desmonta esquema e faz a maior apreensão de motos roubadas da história

A Polícia Civil de Itambé e Guarda Municipal, em operação na cidade, batizada de “Operação Cinquentinha”, apreendeu 24 motocicletas, modelo Shineray 50cc, popular cinquentinha e mais duas motos Honda, 150cc, todas com registro de roubo. As cinquentinhas – todas seminovas, em sua grande maioria são provenientes da cidade de Vitória da Conquista.

A Operação, que culminou na apreensão recorde das motocicletas duraram cerca de oito dias. De acordo com o Investigador de Polícia Paulo Rucas, a investigação levou a identificação do receptador em Itambé, que foi preso pela Polícia Militar, nas proximidades da delegacia e apresentado a Polícia Civil. Ele foi identificado como sendo Jailton Gonçalves Rodrigues, de 21 anos, morador em Itambé.
Ainda Segundo Paulo Rucas, o receptador que distribuía as motos em Itambé, é morador de Vitória da Conquista e foi identificado como sendo Edimilson Oliveira Prates, que se apresentava como representante de concessionária de motocicletas e vendia as cinquentinhas na cidade como se fossem legais. De acordo com levantamento da polícia, Edimilson tem passagem por furto de motocicletas, inclusive já cumpriu pena.
Paulo Rucas informou ainda, que várias pessoas de bem fora enganadas na cidade. Das 24 cinquentinhas apreendidas, várias foram entregues a polícia espontaneamente por compradores lesados. Outras - com o cerco da polícia, foram abandonadas em beiras de rio e estradas vicinais no município.

De acordo Paulo Rucas, o esquema foi descoberto após um rapaz de Itambé comprar uma Cinquentinha com Edimilson e revender a um outro da zona rural no município. Ainda de acordo com o IPC, este rapaz da zona rural tentou emplacar o veículo no Detran de Vitória da Conquista, onde lá foi descoberto que se tratava de veículo roubado. Procurado por este rapaz, o IPC Paulo Rucas deu início às investigações, que desencadeou na “Operação Cinquentinha”. (Fonte Blog Itambeagora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário