quinta-feira, 12 de maio de 2016

Mulher é morta em lan house após pedir divórcio ao marido em Manaus

Uma mulher foi encontrada morta dentro de uma lan house na manhã desta quinta-feira, em Manaus, capital do Amazonas. De acordo com informações do 'G1', o corpo de Ruth Casell, 32 anos, foi encontrado por volta das 7h30, por familiares que estranharam o sumiço da vítima e decidiram abrir a lan house.

Familiares da vítima informaram ao 'G1' que suspeitam o autor do homicídio tenha sido o marido da vítima. A motivação do crime, ainda segundo os parentes, seria porque Ruth pediu o divórcio. O suspeito está foragido.  
Ruth e o marido são donos da lan house onde o crime aconteceu. Eles moravam em um compartimento no segundo andar da lan house. De acordo com uma prima da vítima, Ruth havia conversado com o suspeito sobre o divórcio horas antes do crime acontecer.  

"Ela já queria o divórcio porque ele era usuário de drogas e agressivo. Ontem (11), ela conversou comigo e disse que já não aguentava mais viver com ele. Eu disse para ela que conversasse com ele, sem brigas. Eles conversaram e ele disse que ia dar o divórcio numa boa", contou a prima ao 'G1'. 

Os dois trabalharam juntos na lan house depois do pedido de divórcio. Ao final do expediente, ele foi até a casa da sogra, entregou a chave do lugar e o celular de Ruth e disse que a mulher tinha saído para comprar fraldas. Depois disso, ele não foi mais visto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário