segunda-feira, 30 de maio de 2016

Nesta terça (31), a leitura vai à praça Camacã

O Projeto ”Letras que Voam” da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), em parceria com o PROLER / UESC, realiza uma ação sociocultural, denominada “A Leitura Vai à Praça”. A ação acontece nesta terça-feira (31), às 14h30min na Praça Otavio Mangabeira (Camacan) – Centro de Itabuna, com o objetivo de incentivar e apresentar a população diversas experiências com a literatura.

O evento contará com um espaço para leituras, músicas com o artista Zenon Moreira, oficinas, além de círculos de leitura de contos para jovens e adultos com a professora Glória de Fátima, intervenções teatrais, produções de textos (prosa e poesia). O momento especial da programação estará voltado para um bate-papo com a escritora Maria Luiza Silva Santos, autora do livro “Malu, Mulher, Escritora”.

De acordo com Genny Xavier, coordenadora do projeto “Letras que Voam”, o PROLER / UESC e o Letras que Voam seguem a mesma linha, a do incentivo à leitura. “Assim como PROLER / UESC, o Letras que Voam estimula nos jovens e crianças o gosto pela leitura”, disse.

O "Letras que Voam" foi criado em 2014 com o propósito de incentivar a prática da leitura entre crianças e jovens. O projeto conta com um acervo de mais de 800 livros e jogos educativos, tendas, mesas e cadeiras coloridas, etc. O projeto, de caráter itinerante, visa ao estímulo da literatura em praças, escolas, associações, etc. Para agendar uma visita do projeto à sua escola ou bairro, basta entrar em contato com a FICC, através do telefone 3613 4915. O agendamento e a visita são gratuitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário