segunda-feira, 9 de maio de 2016

Novo plugin permite saber quem visitou seu perfil no Facebook

Plugin Facebook Flat promete revelar quem visitou o seu perfil no Facebook (Foto: Reprodução/TechTudo)
Uma das funções mais amadas - e odiadas - do falecido Orkut chegou também no Facebook. Agora, quem usa a rede social de Mark Zuckerberg pode saber quem visitou seu perfil.

O Facebook Flat, plugin do Google Chrome, foi criado em 2015 e permite mudar o visual da rede social para Flat Design, além de revelar quem são seus visitantes. 

Segundo informações do site 'TechTudo', o recurso ficou pouco tempo funcionando, causou polêmica e usuários duvidaram sobre as qualidade dos dados. O próprio Facebook pressionou para o app sair do ar. 

O app continua mudando o visual do Facebook e removendo anúncios, além de incluir novos feeds temáticos organizados. Para usar o Facebook Flat é só fazer o download gratuito e ativá-la no Chrome. Depois, ao entrar no Facebook, uma chave de liga e desliga será mostrada na lateral esquerda. Para ver quem possivelmente visitou o seu perfil, basta clicar no binóculo amarelo no novo menu.

Polêmica
Segundo Rof Tentik, desenvolvedor da extensão, a função 'Profile Visitors' voltou no último dia 4 de maio. Sem dar maiores detalhes, ele explicou ao 'TechTudo' que enfrentou problemas, mas isso não o impediu de oferecer o recurso. "Eu tive um problema com a função 'Visitantes do Perfil', mas agora está tudo certo", afirmou Rof Tentik. 
Como ativar o Facebook Flat na rede social usando o seu Google Chrome (Foto: Reprodução/Facebook)
A função voltou, com algumas mudanças e também novas polêmicas. Basta fazer um "antes e depois" da interface do Facebook Flat para perceber que algumas coisas mudaram: as palavras deram lugar a ícones coloridos, o 'Profile Visitors' virou um binóculo amarelo bastante chamativo e a frase, que antes dizia "Pessoas que mais visitaram o seu perfil", agora diz "Usuários que provavelmente visitaram seu perfil e interagiram com você com mais frequência". 

A alteração na frase que explica o recurso dá margem para várias interpretações, trazendo de volta a dúvida sobre a veracidade dos dados. Na atual lista, entram pessoas que podem ter: visto seu perfil, enviado uma mensagem ou reagido a um post com uma curtida (like) ou outro tipo de interação.

De acordo com Tentik, a mudança na frase foi um pedido do Facebook. Por enquanto, o recurso parece funcionar sem problemas, sem a intervenção da rede social. A ferramenta também não teria mudado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário