sábado, 21 de maio de 2016

Sindilimp protesta na passagem da Tocha Olímpica no Sul e Extremo Sul da Bahia


Esta semana a Tocha Olímpica está fazendo o revezamento em dezenas de municípios da Bahia. Momento oportuno para o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul (Sindilimp) protestar contra o desrespeito aos diretos dos trabalhadores terceirizados.

Na cidade de Itabuna  o vento aconteceu na tarde deste sábado(21), e segundo o Sindilimp  não é motivo de festa para os trabalhadores. “A Tocha Olímpica acesa representa a paz, justamente o que centenas de terceirizados da educação estadual não estão tendo sem recebem salários há a mais de 3 meses, a paz”, lamentou o coordenador do Sindilimp, José Carlos Conceição de Jesus

O Sindicato também protesta contra as demissões de terceirizados das escolas por ordem do governo Estadual. De acordo José Carlos a Secretaria de Educação está mandando demitir terceirizados todos os dias sem nenhuma justificativa. “Não podemos fechar os olhos diante dessa injustiça. São pais e mães de famílias  que acordam cedo para colocar o pão na mesa e estão com medo de perder seus empregos e passar fome", concluiu.

Na última quinta-feira (19), a diretoria do Sindilimp  reuniu com os trabalhadores terceirizados em Itabuna para discutir sobre os  constantes atraso salarial e  as demissões. Na oportunidade a categoria decidiu fazer uma assembléia na segunda-feira(23) para avaliar a situação e fazer novos encaminhamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário