terça-feira, 3 de maio de 2016

“Você faz corre para o Raio A?”, perguntaram assassinos antes de atirar em vítimas no Cantinho da Feijoada


Em recuperação no hospital de Base, a jovem Jéssica Vasconcelos de Jesus, 19 anos, falou dos momentos de terror que viveu no dia do ataque ao Cantinho da Feijoada, no São Caetano, onde ela e a colega Camila trabalhavam na madrugada do último sábado (30). Camila, até hoje sem o nome completo divulgado, morreu no Hospital de Base, horas depois do crime.

Numa entrevista exclusiva ao repórter Ray Nascimento, da Rádio Difusora, Jéssica esclareceu muita coisa, que vinha sendo colocada de forma errônea, como por exemplo, o número de criminosos. Até então, o que todos sabiam é que um bando de homens havia participado do “terrorismo”.

Porém, Jéssica relatou que todo o estrago foi feito por apenas dois assassinos frios e cruéis, que chegaram a pé, se aproximaram do balcão em que ela e Camila estavam atendendo e fizeram uma única pergunta: “você faz corre para o Raio A?”. Ela disse que não, mas é como se tivesse dito sim, porque logo após esse breve diálogo, os bandidos sacaram duas pistolas e foi logo atirando nas duas mulheres e em seguida nas pessoas que estavam no estabelecimento, matando na hora um dos clientes, César Almeida Palmeiras, de 25 anos.
Os tiros ainda atingiram outros dois homens - Edeilton José da Conceição e João Paulo Santos Marques. Este último de 35 e morador do Pedro Jerônimo. Edeiton também falou ao repórter Ray Nascimento. As entrevistas foram para o ar, ao vivo na tarde de ontem (02) no programa O Crime não Compensa, com Oziel Aragão.

Ainda, segundo Jéssica, ela não é dona do bar. Era, na verdade, funcionária. Jéssica foi alvejada com seis tiros. Perdeu dentes, ficou com nariz muito machucado e sofreu lesões também nos braços e costas, mas se recupera bem dos ferimentos graves. A jovem garantiu que não conhecia nenhum dos assassinos.

Jéssica, que tem uma filha pequena, estava há apenas três semanas nesse trabalho.

Link relacionado:
Cantinho do “terror”: bandidos invadem bar provocando mortes e muito desespero

Nenhum comentário:

Postar um comentário