sábado, 25 de junho de 2016

Corpo de enfermeira é sepultado

O corpo da enfermeira Ângela Barros foi enterrado nesta sexta-feira (24), no município de Tancredo Neves, no sul da Bahia. A profissional, que trabalhava na Secretaria de Saúde de Itabuna, morreu em um acidente ocorrido na última quinta (23), na BR-101, próximo ao trevo de acesso a Itajuípe, quando o Fiat Siena em que ela viajava colidiu frontalmente contra um GM Agile.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um dos carros envolvidos no acidente tentou ultrapassagem em área proibida. Um dos veículos foi para o acostamento para evitar a colisão, mas o outro motorista foi para o mesmo lado da pista, resultando na colisão frontal.

Ângela viajava com uma filha de oito anos e o esposo, Richard, também funcionário da Prefeitura de Itabuna. A criança e o esposo sobreviveram. Ela morreu horas depois do acidente. A enfermeira estava no sétimo mês de gestação. Médicos realizaram parto, mas o bebê não resistiu. A mãe faleceu momentos depois, de acordo com informações. Redação com informações da TV Santa Cruz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário