quarta-feira, 22 de junho de 2016

Dançarino da 'Guettho é Guettho' baleado no Subúrbio está na UTI: 'errou caminho', diz banda

O dançarino e backing vocal da banda Guettho é Guettho Marcos Vinícius Santos de Jesus, 32 anos, conhecido como Nego Pom, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Subúrbio, em Salvador. Ele foi baleado quatro vezes na região do abdômen e apedrejado na cabeça, segundo informou a produção da banda ao CORREIO. O crime aconteceu na tarde desta terça-feira (21), no bairro de Nova Constituinte.

O artista passou por um procedimento cirúrgico durante a madrugada desta quarta-feira (22) e segue internado em estado grave, segundo boletim médico divulgado às 2h da madrugada.

De acordo com Adriano Costa, produtor da banda, o dançarino havia ido ao bairro fazer a cobrança do cachê de um show realizado por outra banda que ele faz parte. "Ficamos sabendo que ele errou o caminho. Se perdeu procurando o endereço e indicaram o caminho errado", disse ao CORREIO.

Segundo o produtor, fãs e a própria produção da banda foram informados de que o dançarino havia morrido. "Chegamos a postar nas redes sociais, mas depois, quando falamos com a família, desmentimos a morte. Ele está vivo", comemorou o produtor.

O cantor da banda Chiclete Ferreira está muito abalado com o crime, segundo Adriano. O cantor foi até o hospital onde o dançarino está internado na noite desta quarta. "Chiclete é muito apegado a ele. Estava aos prantos", lembrou o produtor. Chiclete

"Gente parece impossível, parece brincadeira. Mas acabei de receber a notícia olha como Deus é, nosso nego pom ainda está vivo ele reagiu, mas está em estado grave. Por favor, peço mais uma vez a todos os meus fãs, vamos orar por ele fazer uma corrente. Obrigadooooo. Deus por mais dá mais uma chance, vamos continuar orando galera", escreveu o vocalista da banda no Facebook.

O crime
Nego Pom foi baleado por volta das 15h30, em Nova Constituinte, no Subúrbio. Ele foi socorrido por uma viatura da 18ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Periperi) para o Hospital do Subúrbio.

Segundo a PM, ele foi baleado, apedrejado e ainda teve a moto roubada. Em nota, a polícia informou que equipes continuam fazendo diligências em busca dos suspeitos. Nego Bom é dançarino da banda Guettho é Guettho e também atua como vocais de apoio para o grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário