domingo, 26 de junho de 2016

Itabuna entre 10 cidades com maior número de roubo de carros

Dos 417 municípios baianos, 212 deles – pouco mais da metade – registraram pelo menos um roubo a carro entre janeiro e março deste ano. Em outros 177 houve furtos de veículos. A SSP espera poder identificar carros roubados que estejam trafegando pelo menos pela capital, Salvador, e por cidades da Região Metropolitana, através de câmeras já usadas hoje para ler placas e aplicar multas. Hoje, é possível identificar placas roubadas imediatamente ao consultar o número delas através do site ou aplicativo do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) Cidadão, neste endereço

Na Bahia, as dez cidades com o maior número de roubos nos três primeiros meses de 2016 são Feira de Santana (200), Camaçari (139), Lauro de Freitas (114), Itabuna (112), Barreiras (82), Vitória da Conquista (72), Alagoinhas (72), Simões Filho (72), Candeias (59) e Porto Seguro (51). A maioria delas tem ou terá um dos Centros Integrados de Comunicação (Cicom). Já as líderes em furtos de veículos são Feira de Santana (62), Vitória da Conquista (55), Itabuna (42), Teixeira de Freitas (37), Barreiras (36), Porto Seguro (28), Juazeiro (25), Caetité (23), Santo Antônio de Jesus (20) e Paulo Afonso (20). 

Além de captar imagens de câmeras de segurança de Salvador e de 13 cidades da Região Metropolitana, os profissionais que trabalharão no Centro Integrado de Gestão de Emergências vão manter contato com 22 Centros Integrados de Comunicação (Cicom), no interior do estado. Estes centros funcionam como unidades de atendimento – via 190 –, despacho e monitoramento nas principais cidades do interior. Cada uma das unidades monitora outras cidades da região. 

Dos 22 Cicoms, 11 já foram inaugurados, nas cidades de Alagoinhas, Porto Seguro, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Jequié, Itaberaba, Ibotirama, Juazeiro, Paulo Afonso e Senhor do Bonfim. Até o final do ano, a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) espera implantar os outros 11 centros. Eles ficarão nas cidades de Brumado, Euclides da Cunha, Guanambi, Irecê, Santo Antônio de Jesus, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença, Santa Maria da Vitória, Esplanada e Barreiras. 


Inaugurado em junho de 2013 como estrutura para controle de segurança na Copa das Confederações e Copa do Mundo, o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICC) também será uma espécie de anexo do novo Centro Integrado. O CICC funciona no Parque Tecnológico da Bahia, na Avenida Paralela, e conta com profissionais das polícias Civil, Militar, Federal, Técnica e Rodoviária Federal. De acordo com o secretário Maurício Barbosa, a estrutura continuará sendo usada, mas terá um foco em eventos extraordinários, como o Carnaval, alguma inundação ou situação de seca – ou seja, situação em que seja necessário um trabalho integrado a médio e longo prazos. O CICC custou ao governo, na época, R$ 180 milhões. (Correio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário