quinta-feira, 16 de junho de 2016

Lavradora é presa acusada de permitir que marido abusasse da filha de 6 anos

A lavradora Maria Cláudia de Jesus Santos, 30 anos, foi presa nesta quarta-feira (15) acusada de conivência no estupro da própria filha, uma menina de 6 anos, pelo companheiro, Cremildo de Jesus dos Santos. O caso foi em Laje, no interior da Bahia. Maria Cláudia tinha mandado de prisão preventivo em aberto e foi detida em sua casa, no povoado de Areia Fina.

A criança se queixou para a professora há um mês de dores na região íntima. A profissional fez perguntas à menina e acabou descobrindo que ela havia sido abusada mais de uma vez pelo padrasto. A escola alertou o Conselho Tutelar, que foi até a delegacia para denunciar a situação.

O delegado Edílson Campos Alves pediu um exame de corpo delito, que confirmou o estupro. 

Cremildo está foragido e é procurado, com mandado de prisão preventiva em seu nome. Maria Cláudia negou que soubesse dos abusos, mas foi presa e encaminhada ao sistema prisional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário