quinta-feira, 30 de junho de 2016

Prefeitura e Cerb aumentam oferta de água com poço aberto no Serrado

A Prefeitura de Itabuna, através da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil está ultimando os preparativos para fornecer água para equipamentos e estabelecimentos públicos que prestam serviços essenciais de caráter ininterrupto como: hospitais, escolas, creches e outros, captada no poço artesiano aberto pela Companhia de Engenharia Rural da Bahia (CERB), no Serrado, cuja vazão alcançou 17,5 mil litros d’água por hora, com água cristalina de sabor bom e 120 metros de profundidade.  Nesta semana, estão sendo feito os testes finais para que o abastecimento seja iniciado a partir de segunda-feira, dia 4.

O chefe da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, Roberto Avelino, disse que o trabalho consiste na colocação de tanques para adição de cloro para a purificação de água visando torná-la apta ao consumo humano como água potável, já que a filtração e a cloração da água diminuem significativamente a carga de micróbios. “Com a captação alternativa do Serrado vamos transportar entre 20 e 40 caminhões pipa por dia para a distribuição de água nos tanques dos bairros onde há déficit” explicou, acrescentando que, por conta da mudança de fonte no Rio Iricó, houve desabastecimento temporário nesta semana.

Análises laboratoriais de amostras de água conduzidas pela CERB, vinculada à Secretaria Estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), demonstram que dos poços artesianos abertos nas zonas rural e urbana de Itabuna dois tiveram água salobra: Parque Boa Vista e Fazenda Rancho, em Ferradas. Os demais poços têm o seguinte diagnóstico: Jaçanã II, água cristalina de sabor bom, vazão 2.955 litros/hora, profundidade 160 metros; Conceição, água cristalina de sabor bom, profundidade 120, vazão 3.667 litros/hora; Vila Zara, água cristalina de sabor bom, 160 metros de profundidade, 1.115 litros/hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário