terça-feira, 14 de junho de 2016

SP: Jovem assassinada por namorado fez desabafo antes de morrer

Antes de ser torturada e assassinada pelo namorado, a promotora de vendas Bruna Vendreras, de 24 anos, fez um desabafo no Facebook, dizendo se sentir angustiada com a relação. O crime aconteceu no rancho do suspeito, em Miguelópolis (SP).

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Paulo de Castro Cervantes, a 'postagem' da vítima é mais um indício de que a relação do casal não estava bem.

"O relacionamento tinha problemas. Até no 'face' ela reclamou um pouco, disse que não estava aguentando mais. A mãe fala que no começo estava tudo bem, mas, nas últimas semanas, o relacionamento não estava legal. Ela viu hematomas na perna da filha", diz o delegado.

Segundo informações do G1, o suspeito, de 36 anos, fugiu após o crime com a ajuda de um amigo e ainda não foi encontrado.

A jovem foi torturada por cerca de três horas, na madrugada de 8 de junho, antes de ser morta. O suspeito usou uma espada para agredi-la. O motivo do crime ainda não foi esclarecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário