quinta-feira, 2 de junho de 2016

Traficante oferece R$ 100 mil a policiais para não ser preso

Danilo, Emerson e Lucas são suspeitos de toque de recolher em Salvador (Foto Divulgação).
Danilo, Emerson e Lucas são suspeitos de toque de recolher em Salvador 
Três membros da quadrilha de traficantes que estaria por trás de um suposto toque de recolher na Mata Escura, em Salvador, no final de maio, foram presos, ontem (1º), por equipes da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central) e da 1ª DH/Atlântico. Um deles, Lucas dos Santos Barreto, o Filho de Tampinha, de 21 anos, chegou a oferecer R$ 100 mil para ser liberado. Os outros são Danilo Dória Cerqueira, o Nego Drama, 23, e Emerson Rocha dos Santos, 26.

Os policiais apreenderam com o trio um revólver calibre 38, uma pistola 380, seis pinos de cocaína, quatro pedras de crack e uma caderneta com anotações do tráfico. Lucas é filho de Ubiratan Nascimento Barreto, o Tampinha, que deixou o presídio no final de 2015, após cumprir pena por tráfico de drogas.

Ele é também primo do traficante Cristian Sostenis Barreto da Silva, o Ás de Ouro do Baralho do Crime da SSP, morto em confronto com PMs, em 24 de maio, na Mata Escura. Na ocasião, Cristian portava um pistola 9mm, maconha e crack.

Durante apresentação à imprensa, nesta quinta-feira (2), o delegado Marcelo Sansão, coordenador da 2ª DH/Central, contou aos jornalistas que o suposto toque de recolher foi motivado pela morte de Sostenis, integrante do mesmo bando, que atua nas localidades conhecidas como Ponto 13, Paz e Vida e Rua Direta, todas na Mata Escura.

O delegado disse que Lucas não tem passagens pela polícia, mas é suspeito de envolvimento em vários homicídios, todos tem como motivação o tráfico de drogas. Já Danilo, segundo ele, responde a inquéritos por porte de arma e tráfico de drogas também. Emerson já foi preso por dano ao patrimônio público, acusado de apedrejar um ônibus.

O delegado Marcelo Sansão autuou Lucas em flagrante por corrupção ativa, além de tráfico de drogas e porte de arma, crimes pelos quais também foram autuados também Danilo e Emerson. Todos os três já seguiram para o Núcleo de Prisão em Flagrante (NPF), na Avenida ACM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário