quarta-feira, 29 de junho de 2016

Vane consegue mais verbas para acelerar obras do PAC-II

O prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, conseguiu junto ao Ministério das Cidades a liberação de mais duas parcelas retidas de recursos federais para a continuidade das obras executadas no município através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-II), além de verbas para mais obras. No total serão creditados à Prefeitura R$ 1.746.903,79, dos quais a primeira parcela desta fase, no valor de R$ 587.119,32 já foi repassada. O restante, no valor de 1.159.784,47, deve estar na conta do convênio nos próximos dias, tão logo sejam concluídos trâmites burocráticos.

Ao anunciar a liberação do recurso para o prosseguimento da mais importante obra de saneamento e urbanização desenvolvida pela Prefeitura na zona oeste da cidade, Vane destacou a participação da deputada federal Tia Eron (PRB-BA), que foi responsável pela articulação para a audiência na terça-feira, dia 28, em Brasília, com a secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Maria Henriqueta Arantes, e com os técnicos da assessoria do Ministério Maria Aparecida Monteiro e Antônio Wladimir Moura, responsáveis pelo contrato. “A deputada teve participação essencial para nosso êxito”, disse o prefeito de Itabuna.

As parcelas do PAC-II permitirão a continuidade das obras de saneamento básico nos bairros Jorge Amado, Maria Matos (Rua de Palha), Nova Itabuna, Lomanto Júnior, Campo Formoso, Santa Catarina, além de Rua da Bananeira. Com mais esta liberação dos recursos pelo Governo federal as obras que estão sendo gradativamente retomadas pela construtora Papini Empreendimentos ganharão novo ritmo, depois da chegada de recurso no mês passado. As obras de saneamento nos bairros da zona oeste estiveram paralisadas desde janeiro devido ao atraso nos repasses de verba pelo Ministério das Cidades.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), pelo cronograma no bairro Nova Itabuna já foram concluídos cerca de 85% dos serviços esgotamento sanitário, mais de 50% da rede de drenagem pluvial e cerca de 98% das ligações domiciliares e construção de galerias. Para a segunda etapa das obras do PAC-II estão previstas terraplanagem, implantação de meio-fio, construção de calçadas e pavimentação asfáltica das ruas. No bairro Maria Matos (Rua de Palha) as obras estão em fase de implantação das redes de esgotamento sanitário e pluvial.

Além dos serviços de urbanização, o bairro será contemplado - com uma estação de tratamento de esgoto (ETE), implantação de meio-fio, construção de calçadas e pavimentação asfáltica. Também serão construídas estações de tratamento de esgotos nos bairros Nova Itabuna, Lomanto e Rua da Bananeira. Já no bairro Santa Catarina, além do esgotamento sanitário, drenagem pluvial e pavimentação, está prevista construção de equipamentos comunitários.
Para obras saneamento básico nos bairros da zona oeste de Itabuna o investimento total é de R$ 36,5 milhões, dos quais até o momento somente foram liberados menos de um terço dos recursos previstos, incluindo as atuais parcelas. Além das obras de esgotamento e pavimentação, o dinheiro deve ser investido na elaboração de projeto, parque infantil, creche e quadra poliesportiva regularização fundiária e trabalho técnico social. Os recursos são do governo federal e contrapartida da Prefeitura de Itabuna.



            MAIS RECURSOS



Vane acrescenta que, durante a audiência, também conseguiu, juntamente com a deputada federal Tia Eron, a liberação de recursos para a construção de mais 748 casas populares para pessoas que ainda moram em áreas de risco. A verba, que também será liberada nos próximos dias, permitirá à Prefeitura a execução de projeto habitacional do programa nas proximidades do bairro Urbis IV.  Já junto ao Ministério da Saúde conseguiu destravar recursos que também serão creditados no mês de julho para a conclusão das obras do CAPS-III e Oficina Ortopédica, no São Caetano, e da UPA-24 Horas II, no Fonseca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário