quinta-feira, 16 de junho de 2016

Vereadora denuncia prefeito de Itagi ao MPF por fraudes na Previdência

A vereadora do município de Itagi, Maria Lúcia Sales dos Santos (PDT), apresentou denúncia ao Ministério Público Federal (MPF) local, contra o prefeito Railton de Oliveira Ramos (PT). 

De acordo com a vereadora e documentos oficiais de alguns servidores municipais que foram levados como prova ao MPF, ele estaria informando valores pagos da Previdência Social e FGTS dos servidores municipais abaixo do valor real.

”O prefeito paga o valor salarial integral e desconta dos funcionários, mas informa valores referentes à Previdência bem menores, nas guias (GFIP) e no (CNIS) Cadastro nacional de Informações Sociais, desde o ano de 2012″, denunciou. Ela diz estar indignada com os desmandos e frequentes atos de improbidade praticados pelo prefeito e pede punições. Segundo cálculos de Maria Lúcia, o prejuízo poderá passar de meio milhão de reais por ano. 

A denúncia foi encaminhada no dia 01/06 ao procurador do Ministério Público Federal, Flávio da Costa Matias que ainda não se pronunciou. Ainda conforme a denúncia da vereadora, o caso deveria ser encaminhado à Polícia Federal, uma vez que se trata de verba federal com apropriação indébita previdenciária.A classe de professores estão entre as mais prejudicadas. Alguns desses funcionários estão sendo lesados em mais de R$ 300,00 por mês, o que compromete as suas aposentadorias, uma licença maternidade e até uma licença em um caso de afastamento por doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário