terça-feira, 26 de julho de 2016

Caça da Marinha cai no mar do RJ

Um caça da Marinha do Brasil caiu no mar da Região dos Lagos do Rio na tarde desta terça-feira (26). O acidente foi durante um treinamento padrão que era feito junto com outra aeronave, a 24 milhas da costa, cerca de 44 Km de distância do litoral. A Marinha confirmou que as duas aeronaves envolvidas no acidente bateram no ar. Ainda segundo a Marinha, o piloto se ejetou antes da queda, ficou à deriva no mar e as buscas vão seguir sem interrupções até que ele seja encontrado.

O acidente com o caça da Marinha foi a 24 milhas da costa, cerca de 44 Km de distância do litoral. Uma grande operação de resgate está em curso com navios, helicópteros e outras embarcações.
Por meio de nota, a Marinha confirmou a colisão entre as aeronaves e detalhou a estrutura que está sendo utilizada na operação de resgate. Segundo a Marinha, o acidente foi durante um treinamento padrão de ataque a alvos de superfície. Uma fragata participava do treinamento, a cerca de 100 Km da costa

A aeronave que caiu no mar é do modelo AF-1 Skyhawk da Marinha do Brasil. O outro caça envolvido na batida voltou com segurança para a Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, de onde eles tinham saído.

Os aviões AF-1 Skyhawk foram comprados pelo Brasil do Kwuait, depois da Guerra do Golfo, e participaram de missões de combate da Operação Tempestade no Deserto no início de 1991. A Marinha do Brasil possui 23 exemplares do Skyhawk da versão A-4KU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário