segunda-feira, 18 de julho de 2016

Cigano executado: “Não me deixe, não, painho”, desesperou-se criança ao ver o pai morto

Veja mais detalhes no vídeo:

Um episódio chocou e comoveu todos os que estiveram na cena de mais um crime registrado em Itabuna - o quinto desse mês. Dentro de um carro, o corpo do cigano Jal Rodrigues Marques, de aproximadamente 28 anos, executado com cerca de quatro tiros, no início da noite desta segunda-feira (18).
Entre os parentes que gritavam, desesperados, uma criança, que aparenta ter, no máximo, apenas seis anos de idade. O menino, ao ver o pai morto, não se conteve: “Não me deixe não, painho, não morre”. A irmã e o pai da vítima também não conseguiram segurar a dor e o desespero tomou conta do local.

O homicídio aconteceu na Rua Isaura Pinho, no bairro Jaçanã. Jau dirigia um veiculo Gol, de placa PJZ-1137, quando foi surpreendido pelos assassinos, que estavam em uma moto Bros, preta, de dados não anotados. Dentro do carro, ainda estava a esposa da vítima, identificada pelo prenome de Luciana, de 31 anos. A mulher também acabou sendo atingida. Ela levou um tiro em uma das pernas e foi socorrida para o Hospital de Base, onde continuava internada até o fechamento dessa matéria.

Suspeitas
O crime ainda está envolto em mistérios, porém uma das suspeitas é de que a execução do cigano tenha sido motivada por vingança. Esta hipótese está baseada nas características do assassinato. Nada foi levado pelos criminosos, o que descartou, logo de início, as dúvidas sobre latrocínio. Além disso, a arma usada e a quantidade de tiros disparados não deixam dúvidas de que os atiradores tinham ido até o local com uma única missão: executar o cigano.

Este é o 77° homicídio do ano. A vítima morava no bairro Novo Jaçanã. No banco do carro de Jal, os policiais encontraram um comprovante de pagamento, ao que tudo indica, de um emplacamento de veículo, no valor de R$ 1.346,00. O homem foi alvejado no rosto (que ficou desfigurado), nas costas e nádegas. O automóvel dirigido pelo cigano acabou batendo na frente de uma casa. O corpo dele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica.



Nenhum comentário:

Postar um comentário