sexta-feira, 29 de julho de 2016

Ministro da Justiça aprova condições de segurança no aeroporto de Salvador

O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, fez hoje (28) mais uma vistoria nas dependências do Aeroporto Internacional de Salvador, uma das capitais que receberão partidas de futebol masculino e feminino durante os Jogos Olímpicos. Moraes deu total de aprovação às condições de segurança do terminal. O que era para ser uma vistoria nas instalações e apresentação do reforço de segurança tornou-se uma visita, que durou cerca de 30 minutos, enquanto os equipamentos de segurança, detecção e antibombas da Polícia Federal (PF) foram apresentados ao ministro, por policiais especializados da corporação.

Após conhecer as ferramentas e presenciar simulações com supostos explosivos, ações de um cão farejador e o manuseio de um robô antibomba, Moraes testou a própria impressão digital no equipamento de papiloscopia. O aparelho detecta, em 3 segundo, se o passageiro em desembarque tem alguma pendência com a justiça internacional, a partir do cruzamento de dados da Interpol (organização de apoio a polícias de vários países). “A minha avaliação é 100%. Assim como o aeroporto do Distrito Federal, assim como o de Guarulhos, o de Salvador está preparado para receber com tranquilidade e segurança todos os turistas que chegarem à Bahia”, afirmou o ministro. Ao comentar a Lei Antiterrorismo, sancionada em março deste ano pela então presidenta da República, Moraes destacou que, com a nova legislação, diminui a possibilidade de atentados.

“Antes da lei, não havia a possibilidade de se decretar uma prisão com atos preparatórios. Era preciso aguardar atos executórios para determinado crime, que não o terrorismo, porque a lei tipificou o crime de terrorismo. A partir desse novo instrumento que o Brasil teve – e que já veio tarde – é possível usar técnicas de investigação específica para terrorismo ou suspeita de terrorismo”, ressaltou o ministro. O secretário especial de Grandes Eventos do Ministério da Justiça e Cidadania, Andrei Rodrigues, que acompanhou Moraes durante a visita, disse que todas as etapas operacionais estão concluídas para garantir a segurança de Salvador durante a Olimpíada.

Ele lembrou que os investimentos do ministério na segurança dos Jogos, de cerca de R$ 10 milhões, somaram-se a recursos do estado da Bahia e resultaram no mais moderno centro integrado de comando e controle recém-inaugurado em Salvador. "Além disso, a Polícia Federal vai trazer cerca de 300 policiais somente para os Jogos”, disse Rodrigues. O secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, que também participou da vistoria no aeroporto destacou a integração entre todas as forças de segurança para a Olimpíada, como forma de garantir proteção eficaz aos torcedores e às delegações que passarem por Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário