quinta-feira, 14 de julho de 2016

Mulher morta em tiroteio na BR-324 voltava de consulta médica em Salvador

A mulher que morreu durante uma troca de tiros entre policiais e suspeitos na BR-324 era moradora do município de Cruz das Almas e retornava para casa em um carro da secretaria de saúde da cidade, depois de uma consulta médica em Salvador. A mulher identificada como Maria de Fátima Ricardo Senna, 36, foi atingida por uma bala perdida e chegou a ser socorrida para um hospital em Simões Filho, mas não resistiu aos ferimentos. 

As informações foram confirmadas pela prefeitura de Cruz das Almas, que contou ainda que a mulher estava acompanhada da filha de 16 anos e de duas enfermeiras, além do motorista, quando foi baleada. Através de uma publicação em uma rede social, o prefeito da cidade, Ednaldo Ribeiro, lamentou a morte da vítima. A prefeitura ficou se manifestar sobre o caso ainda nesta quinta-feira (14). Os três homens mortos ainda não foram identificados. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao menos outros quatros suspeitos envolvidos na troca de tiros conseguiram fugir por um matagal e teriam levado uma mulher grávida como refém. 

De acordo com a Sesab, o grupo foi frustrado pela polícia quando tentava explodir o cofre de uma agência bancária em Guarajuba, na Linha Verde. Com a quadrilha foram apreendidos explosivos, um fuzil calibre 762, uma submetralhadora, uma pistola calibre 40, munição, e três veículos. O corpo da mulher atingida por uma bala perdida foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde vai passar por perícia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário