terça-feira, 5 de julho de 2016

Sessão Especial discute a prática papiloscópica como método de investigação criminal

A Sessão será realizada na Câmara de Vereadores de Itabuna, nessa quinta-feira, 7, às 15h, e foi requerida pelo vereador Aldenes Meira (PCdoB)

Peritos Papiloscopistas, que atuam na área criminal, participarão de uma Sessão Especial promovida na Câmara de Vereadores de Itabuna com o tema: A inserção do estudo das impressões digitais e representação facial humana como método permanente de investigação criminal no Brasil. A Sessão foi requerida pelo vereador Aldenes Meira e ocorrerá nessa quinta-feira, 7, a partir das 15h, na Sala de Comissões Técnicas Filemon de Souza Brandão.

O evento contará com uma palestra que abordará o trabalho desenvolvido pelos Papiloscopistas no Estado da Bahia e a importância das metodologias das perícias de impressões digitais e de identificação realizadas para os procedimentos investigativos. Também serão discutidos os direitos e a regulamentação da prática papiloscópica no país. O palestrante será o Perito Técnico da Polícia Civil, Alberto Estaine Guerra Durão.

Foram convidados para participar das discussões advogados criminalistas, membros do Sindicato dos Peritos Técnicos de Polícia Civil do Estado da Bahia (Sindpep), do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), do Ministério Público, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Defensoria Pública, entre vários outros órgãos de segurança e representantes de diferentes categoriais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário