segunda-feira, 4 de julho de 2016

Sindicato reúne terceirizados e dialoga sobre novos contratos da SEC

Na manhã desta segunda-feira(04), centenas de trabalhadores terceirizados da educação estadual lotados em escolas de Itabuna, se reuniram na sede do Sindilimp Sul e Extremo Sul. O Objetivo foi tratar sobre salários em atrasos e a procedência nos novos contratos de terceirização definidos pelo governo baiano.

Após a finalização dos atuais contratos das empresas de terceirização de mão de obra dia 30 de junho, e a definição das novas empresas no dia 01  de julho, divulgado pela Secretária da Educação estadual, os trabalhadores estão tirando suas dúvidas sobre pagamentos e continuação nas funções.

Em áudio divulgado pelo novo Secretario da pasta Walter Pinheiro, na sexta-feira, ficou claro a preferência do Estado em manter os atuais trabalhadores prestando serviço nas escolas da rede. Devendo fazer o processo de contratação com as novas empresas, onde a partir de agora serão cobertos pela Lei anti-calote, aprovada há quase dois anos na Assembléia Legislativa da Bahia. O que facilitará o pagando em dia aos trabalhadores.

Para o Sindicato a preocupação no momento é saber quando a quitação dos salários e benéficos dos terceirizados que em algumas empresas chegam a três meses de atrasos, e sobre quando será feito o pagamento da rescisão contratual. O Sindilimp está atento para garantir os diretos e defender os trabalhadores para que não haja injustiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário