sexta-feira, 15 de julho de 2016

Veja o momento em que policiais atiram em terrorista em Nice

Mais de 80 pessoas foram mortas e centenas ficaram feridas na noite desta quinta-feira (14) em Nice, no litoral sul da França, após um caminhão se lançar contra uma multidão que comemorava o Dia da Bastilha, feriado nacional. O episódio de violência foi registrado em Promenade des Anglais, quando era realizado um show de fogos de artifício para comemorar a data do início da Revolução Francesa. Segundo testemunhas, após o veículo avançar contra a multidão, o motorista abriu fogo contra as pessoas presentes, trocando tiros com forças policiais. A polícia francesa prendeu nesta sexta-feira a ex-mulher de Mohamed Lahoujaiej Bouhlel, identificado como o motorista do caminhão que atropelou uma multidão em Nice na noite de ontem, deixando ao menos 84 mortos e cem feridos. Segundo a imprensa local, o francês de origem tunisiana tinha três filhos com a mulher. A informação foi divulgada pela emissora francesa M6, que afirma que ela está sendo interrogada pelas autoridades. Bouhlel, de 31 anos, visitou a Tunísia há oito meses, o que fazia com frequência para ver a família, que vivia na cidade de Masakin. Seus pais, porém, também moravam na França. A rede de televisão BFMTV disse que vizinhos relataram o homem como uma figura solitária, que trabalhava em uma empresa de entregas e vivia em um bairro de trabalhadores em Nice. Moradores da região também contaram que ele raramente falava e também não respondia a cumprimentos.(JB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário