terça-feira, 16 de agosto de 2016

Adolescente confessa que tentou envenenar mãe em Feira de Santana

Uma adolescente de 13 anos confessou que tentou envenenar a mãe, na cidade de Feira de Santana. De acordo com a delegada Milena Calmon, titular da Delegacia para o Menor Infrator (DAI), a jovem prestou depoimento na segunda-feira (16) onde revelou o crime.

Segundo a delegada, na semana passada Jucile Carneiro, 33 anos, procurou a polícia após passar mal ao beber uma xícara de chá. Ela levou o recipiente com o resto do líquido à delegacia e disse que desconfiava da filha. A xícara foi encaminhada para a perícia, que dirá qual substância foi usada.

Juciele teria dito ainda que não tinha um bom relacionamento com a adolescente. No dia do crime, ela agrediu a garota porque a jovem colocou um piercing na língua. Isso teria motivado a tentativa de homicídio.

A delegada Milena informou ainda que a adolescente se disse arrependida do que fez. "Ela disse que era maltratada pela mãe, levava surras e por isso fez o que fez. No entanto, ela contou que se arrependeu e que não tinha intenção de matá-la", revelou a delegada.

Ainda de acordo com a polícia, desde os dois meses de idade a adolescente morava com o pai, na cidade de Irará, no centro norte da Bahia. Ela voltou a morar com a mãe há cerca de dois meses, após a morte do pai em um acidente de moto.

Após prestar o depoimento, a jovem saiu da delegacia acompanhada da mãe. A adolescente, no entanto, foi para a casa de uma avó, onde deverá permanecer até ser novamente convocada a prestar esclarecimentos sobre o caso.

Segundo a delegacia, a jovem está mantida em liberdade por não ter sida autuada em flagrante. Após a conclusão do inquérito, a adolescente poderá responder por tentativa de homicídio e receber as medidas socioeducativas previstas em Lei. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário