segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Briga em família quase termina em tragédia; três pessoas são esfaqueadas

Uma briga em família quase terminou em tragédia na noite da última sexta-feira (29), no bairro Santo Antônio, em Itabuna. E mesmo após três pessoas ficarem feridas, a “guerra” não deu trégua.

Uma das vítimas acusa o ex-genro de tentar matá-lo quando impediu que a filha fosse agredida pelo suspeito. E segundo Ailton, como se identificou, as ameaças de morte continuam.

Por outro lado, o suposto criminoso alegou legítima defesa. Disse que foi o ex-sogro que o atacou com um facão, atingindo-o no braço, primeiro com uma barra de ferro. O rapaz, inclusive, procurou a delegacia e prestou queixa, enquanto o sogro estava no hospital.

Tentando entender o caso
A discussão entre os dois homens teria começado durante um aniversário na casa de Ailton. Segundo ele, o genro, com ajuda do avô, partiu para cima, sem lhe dar chance alguma de defesa. A mulher de Ailton e a filha mais nova, de 13 anos, tentaram defender a vítima e também acabaram sendo atingidas pelos golpes de facão. A adolescente levou quatro pontos na cabeça. A mãe dela teve alguns dedos das mãos cortados.

Já Ailton foi atingido na cabeça e levou vários pontos. Ele contou que, após ter alta médica, procurou o Complexo Policial para prestar queixa, mas não conseguiu. Foi surpreendido com a notícia de que ele era o agressor.

O caso está sendo investigado. Os dois homens serão ouvidos. “Ele já vinha me ameaçando antes”, garantiu Ailton.

Nenhum comentário:

Postar um comentário