terça-feira, 16 de agosto de 2016

Comerciante baiano volta a pendurar faixa após roubo e pede produtos a ladrão

O comerciante Fábio Gulhões, 37 anos, voltou a colocar uma faixa na frente ao estabelecimento dele, na cidade de Santo Antônio de Jesus, distante cerca de 200 km de Salvador. Segundo o comerciante, a iniciativa foi tomada por conta da preocupação com os constantes assaltos ao estabelecimentos e para chamar atenção das autoridades locais para a segurança no município. No local, Gulhões vende maquinário para salão de beleza e clínica de estética. 

A loja fica no centro da cidade. Na faixa colocada na frente do estabelecimento, o comerciante pede que os ladrões ofereçam os produtos roubados para ele mesmo comprar. "Como a segurança pública continua uma miséria, senhores ladrões, solicito que após furtar-me de novo ofereça os produtos a mim mesmo! Comprar de novo no mercado legal custa caro, e sei que o sr. vende baratinho, prometo sigilo absoluto, pois não desejo ser preso por receptação de produto furtado. Favor não roubar a faixa!", diz o recado, que foi colocado no local no início do mês de agosto. 

Ainda na faixa, o empresário anuncia uma vaga de trabalho para segurança que saiba atirar com escopeta. Em junho do ano passado, após quatro assaltos, o comerciante colocou uma faixa semelhante no local, com a seguinte mensagem: "Srs. ladrões e assaltantes: como esta rua encontra-se abandonada e a segurança pública é uma mizéria (sic), por favor queiram se organizar (para não virem todos ao mesmo tempo)... Atenção: procura-se funcionário com porte de arma que saiba atirar com escopeta". A faixa ficou em torno de 15 dias no local. *Informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário