segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Dilma: 'Temer corre com impeachment por medo de delação'

Em entrevista ao SBT, exibida na madrugada desta segunda-feira (22), a presidente afastada Dilma Rousseff disse que Michel Temer e seus aliados querem antecipar a votação do impeachment porque temem denúncias que os comprometam. Ela deu as declarações ao programa "Conexão Repórter", no dia 4 deste mês.

De acordo com o cronograma apresentado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a Casa iniciará a etapa final do processo de impeachment na quinta (25). A expectativa é de que o resultado saia entre os dias 30 e 31.

"Por que eles tem tanto interesse em antecipar, em dias, o impeachment? Para mim, eles têm medo de uma delação que mostre claramente qual é o grau de comprometimento de quem meu julgamento beneficia: o governo interino, provisório e ilegítimo", observou Dilma.

"Meu governo não esteve associado à corrupção, até porque eu não testou associada à corrupção. Nunca tive conta rejeitada, a não ser agora, porque eles querem fazer o processo de impeachment", complementou, fazendo menção a reprovação de suas contas pelo TCU (Tribunal de Contas da União), fato embrionário do processo de impeachment.

Nenhum comentário:

Postar um comentário