terça-feira, 2 de agosto de 2016

Hospital Geral de Ilhéus pode ser condenado a pagar indenização de R$ 1 milhão

Hospital Geral, que enfrenta greve dos terceirizados, é alvo do MPT.De um lado, o Ministério Público do Trabalho (MPT), que pede que o Hospital Regional Luiz Viana Filho de Ilhéus seja condenado a pagar indenização por danos morais coletivos de R$1 milhão e a corrigir 23 falhas no cumprimento das normas de saúde e segurança nas atividades de técnicos, médicos, enfermeiros e pessoal de apoio.

De outro, a Justiça, que negou tal liminar. O MPT já avisou que vai recorrer da decisão do juiz José Cairo Júnior, titular da 3ª Vara de Ilhéus.

Enquanto o procurador Ilan Fonseca, autor da ação e responsável pelo inquérito, explica que o Ministério do Trabalho, estabelece normas técnicas para cada tipo de atividade profissional que são obrigatórias para todos, o magistrado alega que o Luiz Viana é uma das poucos hospitais do município e que o cumprimento das medidas pedidas poderia prejudicar os já precários serviços públicos prestados à comunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário