terça-feira, 9 de agosto de 2016

Justiça autoriza "prefeita ostentação" voltar ao cargo

A "prefeita ostentação" Lidiane Leite da Silva (sem partido) obteve na Justiça o direito de acesso às dependências da prefeitura e secretarias de Bom Jardim, no Maranhão, e reassunção do cargo. A decisão foi assinada nesta segunda-feira (8) pelo juiz federal José Magno Linhares Moraes. 

De acordo com o Uol, Lidiane solicitou à Justiça a revogação da sua proibição de acesso aos prédios municipais para reassumir o comando do município. O magistrado argumentou em sua decisão que era "desnecessária" a manutenção da medida restritiva contra Lidiane e determinou que a Câmara de Vereadores junte aos autos a documentação da posse de Lidiane em até três dias. Lidiane está afastada da prefeitura de Bom Jardim desde 20 de agosto do ano passado, quando fugiu da cidade para não ser presa pela Polícia Federal durante a Operação Éden. 

A ex-prefeita é acusada de desviar R$ 15 milhões que deveriam ser destinados à Educação, junto com o ex-marido e ex-secretário de Assuntos Políticos, Humberto Dantas dos Santos, e o ex-secretário de Agricultura, Antônio Gomes da Silva. A vice-prefeita Malrinete Gralhada (PMDB) assumiu interinamente a administração da cidade em 28 de setembro, conforme liminar da 2ª Vara da Comarca de Bom Jardim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário