quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Médica descarta suspeita de HN1 em vocalista da banda “Pegada da Lôra”

A pneumologista Rosângela Melo descartou, em entrevista ao programa Balanço Geral, da Rede Record, qualquer suspeita da gripe HN1, no caso da cantora Mariana Krush, vocalista da banda “Pegada da Lôra”, internada desde o último domingo (31), no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna.

A cantora está sendo acompanhada por uma equipe de cinco médicos. Segundo Dra. Rosângela, os exames até agora realizados não confirmaram a gripe suína. Mesmo assim, Mariana continua numa enfermaria isolada e, com exceção da família, não pode receber visitas.

Desde que foi internada com suspeita de pneumonia, muitos boatos circularam de que a vocalista teria contraído o vírus Influenza A.  “Ela é uma jovem saudável e rapidamente vai retornar à sua família e à sua atividade profissional para alegrar a todos e aos seus fãs”, tranquilizou a pneumologista.

Esporádicos
De acordo, ainda, com a médica, até o momento, 16 casos suspeitos foram registrados em vários hospitais de Itabuna, mas apenas dois tiveram confirmação. “São casos esporádicos”, disse. Entre os sintomas da HN1, estão a tosse seca irritativa, náuseas, vômitos e pneumonia viral. Crianças, idosos e portadores de doenças como diabetes e insuficiência cardíaca estão no grupo de maior risco.

E Dra. Rosângela advertiu: o diagnóstico precoce é fundamental. Alguns cuidados podem ser tomados para prevenir a doença, entre os quais tomar a vacina, fazer a higiene das mãos e evitar ambientes aglomerados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário