quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Médico é acusado de cobrar para realizar parto na Maternidade Esther Gomes

Uma mulher de prenome Jacqueline fez uma denúncia contra um médico de Itabuna na rádio Difusora nesta quinta-feira(25). Ela contou que o médico Luiz Leite teria cobrado R$ 2.500, para realizar o parto da filha dela Maternidade Esther Gomes, hospital que atende mulheres grávidas e realiza partos pelo SUS.

Ela afirmou em entrevista que a filha não foi bem recebida pelo médico e que diversas vezes ele teria sido ríspido e irônico, chegando a mandar que ela cobrasse do presidente interino Michel Temer que resolvesse o problema do SUS.

Segundo Jacqueline, a família ainda não denunciou o caso ao Ministério Público, pois o neném se encontra na UTI e todos estão com a atenção voltada para a criança.

Em 2013, o mesmo médico foi acusado de cobrar de um casal R$ 1.200,00 para realizar um parto. O caso foi denunciado e Luiz Leite teve que devolver o dinheiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário