sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Mulher que matou o próprio filho foi transferida para Teixieira de Freitas

Renata Cerqueira acusada de matar o filho Natan Vitor e depois de cortar em três partes, e colocar parte do corpo em uma panela de pressão foi ouvida ontem no fórum de Justiça pelo juiz da vara crime Dr André Strongesnki e promotores.

Após o depoimento, o juiz decretou a prisão preventiva que pode ser até de 90 dias, e prorrogada, para que o processo seja formalizado e marcar novas audiências.

O destino de Renata por enquanto é o presidio de Teixeira De Freitas , o único da região que tem ala feminina. (O Baianão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário