segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Pendrive cheio? Saiba como liberar mais espaço sem deletar arquivos antigos

Precisa armazenar mais arquivos em seu pendrive, mas ele não tem mais espaço suficiente? O site TechTudo publicou uma dica infalível para quem precisa de mais memória no aparelho e não quer deletar os arquivos já existentes. 

O Windows possui uma ferramenta que oferece megabytes extras para guardar mais itens no mesmo lugar. O procedimento é feito em qualquer computador com o sistema operacional da Microsoft, de preferência o Windows 10. 

Aprenda como liberar espaço no aparelho de forma simples, fácil e sem apagar nada:

Passo 1. Antes de comprimir seus arquivos, será necessário formatar o pendrive. Por isso, temporariamente, mova-os para uma pasta qualquer do computador e deixe o gadget vazio;
Mova seus arquivos temporariamente para o computador (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 2. Depois, abra o explorador de arquivos e clique com o botão direito sobre o ícone do pendrive. Clique em “Formatar”;



Saiba como proteger seu pendrive de vírus
Formate o pendrive (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 3. Na janela de formatação, selecione NTFS em “Sistema de arquivos” e clique em “Iniciar”;
Formate em NTFS (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 4. Após a conclusão da formatação, mova seus arquivos de volta para o pendrive; 
Mova seus arquivos de volta para o pendrive (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 5. Clique novamente com o botão direito do mouse sobre o ícone do pendrive e selecione “Propriedades”;
Abra as propriedades (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 6. Marque a caixa ao lado de “Compactar este disco para economizar espaço”;
Compacte os arquivos (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 7. Na janela pop-up, escolha se deseja compactar arquivos soltos no pendrive (1ª opção) ou até mesmo aqueles dentro de pastas e subpastas (2ª opção);
Compacte arquivos ou pastas inteiras (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Passo 8. Agora, basta aguardar a compressão dos arquivos. O procedimento pode demorar dependendo da velocidade oferecida pelo seu pendrive e, principalmente, do seu tamanho.
Aguarde o fim do procedimento (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Feita a compactação dos arquivos, você deve recuperar vários megabytes de um pendrive cheio. Atenção! A compressão não precisa ser feita em arquivos já comprimidos, como os que têm extensão ZIP ou RAR. Mas, os demais itens tendem a diminuir de tamanho de maneira perceptível. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário