terça-feira, 16 de agosto de 2016

Tiroteio entre bandidos provoca pânico durante sepultamento em Salvador

Um tiroteio durante o velório de um homem nesta segunda-feira (15) levou pânico a quem acompanhava o cortejo no cemitério municipal de Plataforma. Segundo informações da Polícia Militar, o fato ocorreu por volta das 11h30. Uma equipe da 14ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Lobato) foi até o local para controlar a situação e ninguém ficou ferido.

Segundo a delegada titular da 29ª delegacia (Plataforma), Celina Fernandes, um grupo da facção que atua no Bariri, localidade do bairro, invadiu o cemitério para impedir que o homem identificado como Mascote fosse enterrado no local. Mascote teria uma desavença com integrantes da facção. A polícia não confirmou, no entanto, se ele pertencia a algum outro grupo criminoso.

Ainda de acordo com a delegacia, Mascote já havia sido preso na cidade de Feira de Santana por roubo e havia investigações contra ele, pelo mesmo crime, em Salvador. Ele chegou a ser ouvido na 29ª Delegacia e disse que o seu apelido era uma referência a sua participação como membro de uma torcida organizada - a delegada não informou qual.

Apesar de ninguém ter ficado ferido no tiroteio, houve atrasos nos velórios que aconteceram nesta segunda-feira (15). Policiais militares permaneceram no cemitério até o final do enterro de Mascote para garantir a segurança dos presentes. Até o momento, ninguém foi preso. Policiais civis e militares seguem nas buscas pelos suspeitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário