segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Defensores de animais protestam contra nova série da Globo

Defensores de animais já reuniram mais de 6.000 adesões em um abaixo-assinado contra a Globo. Eles pedem que a emissora não exiba violência contra bichos em "Supermax", que estreia nesta terça (20). Um trailer da série mostra, aos 2min42s, um gato preto amarrado pelas quatro patas. 

A Associação Natureza em Forma, que criou a petição virtual, diz que a cena, "ainda que ficcional", é "uma banalização da violência que pode, inclusive, incitá-la". E que a punição a agressores "é, infelizmente, ínfima". Afirma ainda que, como o gato é preto, isso se torna um agravante. 

Bichanos dessa cor são "especialmente sujeitos a maus-tratos, devido a superstições e preconceito racial". A Globo, em nota, diz que as cenas de terror de "Supermax" foram feitas com auxílio de computação gráfica. "A emissora tem o maior cuidado com isso e não permite que haja maus-tratos." A cena com o gato, segundo o canal, critica o uso de animais em rituais. (MB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário