quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Lava Jato espera concluir hoje denúncia contra Lula

Nesta noite de terça (13), a Operação Lava Jato esteve em força-tarefa para concluir pelo menos uma das denúncias criminais contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo a Folha de S. Paulo, a acusação mais adiantada refere-se ao caso do tríplex em Guarujá.

O apartamento no litoral de São Paulo teria sido reformado pela empreiteira OAS e reservado para a família de Lula, mas não chegou a ser utilizado após denúncia da imprensa.

Outra investigação é sobre obras em sítio na cidade de Atibaia, interior de São Paulo, que teriam sido orientadas por Lula e sua mulher Marisa Letícia, com a participação da empreiteira Odebrecht e custo de R$ 1,2 milhão.

O Ministério Público Federal convocou entrevista coletiva para a tarde desta quarta (14). Ao menos uma dessas denúncias pode ser anunciada na ocasião.

Para a força-tarefa, as reformas nos imóveis configuraram vantagens indevidas recebidas de empresas envolvidas no petrolão.

Lula também é acusado de tentar obstruir a Lava Jato e, também, de dificultar a investigação de inquérito que apura se as palestras dadas por ele após deixar o governo teriam sido pagas com dinheiro da Petrobras.

O ex-presidente se diz perseguido politicamente e afirma não ter comedido qualquer crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário