quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Atividade em praça pública encerra programação do Outubro Rosa em Itabuna


A programação do Outubro Rosa, promovida pela Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico (GAPO) e Irmãs Auxiliadoras chega ao final com um balanço positivo. O encerramento da programação está agendado para esta sexta-feira (28) na praça Olinto Leoni, Centro de Itabuna, entre às 9 e 11 horas. Segundo a coordenadora administrativa do GAPO Magnólia Oliveira, que também coordena a programação, a atividade desta sexta compreende a união de esforços de grupos e entidades de Itabuna que atuam na luta contra o câncer e em apoio a pacientes. 
O convite foi realizado para todos, e já está confirmado a participação do Grupo Câncer Fé e Amor, da Unidade de Quimioterapia e do próprio GAPO, além de parceiros e apoiadores. “Esperamos alcançar o público em geral, bem como garantir visibilidade aos assuntos que interessam à pessoa acometida pelo câncer”, definiu Magnólia. Durante a ação na Olinto Leoni, o Grupo Câncer, Fé e Amor promoverá uma Oficina de Customização de lenços doados pela comunidade a pacientes em tratamento, Oficina de Beleza e Autoestima, com voluntárias ensinando técnicas de maquiagem e de aplicação de lenços. Já o GAPO distribuirá lacinhos cor de rosa e panfletos de orientação, além da venda da camisa do Outubro Rosa e arrecadação de alimentos não perecíveis para a Casa de Apoio ao Paciente Oncológico. Ainda haverá aferição de Pressão Arterial, orientações com Nutricionistas e Enfermeiras Oncológicas.
Foco na informação Durante o Outubro Rosa, todas as ações planejadas foram executadas com grande sucesso de público e participações, a exemplo do Ciclo de Palestras aberto à comunidade e realizado em duas edições, sendo a primeira no auditório da SCMI e o segundo no auditório da FTC. Nesta última, a médica Oncologista Clínica Dra. Carine Bispo ministrou palestra sobre Vida Saudável para prevenção ao Câncer, seguida da médica mastologista Dra. Marluce Rodrigues que falou sobre Prevenção e Combate ao Câncer de Mama. “O apoio da FTC, da imprensa, dos grupos, dos palestrantes foi fundamental para enchermos o auditório e espalhar um pouco mais da semente da mobilização social contra o câncer”, finalizou Magnólia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário