quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Homem detido com seringa em Salvador é ouvido e liberado pela polícia

O homem que foi detido após ser flagrado com uma seringa na Estação Pirajá, em Salvador, foi liberado na tarde desta quarta-feira (19) após prestar depoimento à Polícia Civil. A assessoria de comunicação do órgão informou que não ficou comprovada a participação dele nos ataques com seringa que algumas pessoas sofreram na capital baiana. 

Ao delegado Israel Aristides, da 11ª Delegacia de Tancredo Neves, o homem negou que tivesse intenção de atacar alguém e destacou que encontrou a seringa, que tinha café dentro, no lixo. A polícIa diz, no entanto, que uma perícia será feita pelo DPT na seringa apreendida, para saber qual o conteúdo. Conforme a polícia, o homem é morador de rua e aparenta ter problemas mentais. Ele ainda não foi identificado porque estava sem documentos. De acordo com a assessoria da CCR, empresa que administra o terminal de ônibus, o homem foi avistado com a seringa por um passageiro, que acionou os seguranças do local. Ele foi levado à delegacia por uma guarnição da 48ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). 

A assessoria da Polícia Civil informou ainda que duas mulheres que viram o homem na estação compareceram à delegacia como testemunhas e disseram que ele não tinha feito nada com ninguém. Um segurança também foi ouvido. Ainda conforme o órgão, nenhuma das pessoas que registraram queixas de ataques com seringas nas delegacias do Bonfim e Barris compareceu à 11ª DT para reconhecer o suspeito e, por isso, ele foi liberado. *G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário