quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Idoso é preso após marcar encontro com garoto de 13 anos em Feira de Santana

Um idoso de 65 anos foi preso nesta quarta-feira (19) na cidade de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, após marcar encontros com um garoto de 13 anos por meio de uma rede social. O homem foi flagrado pela polícia após o pai do menino ouvir os áudios que o suspeito enviou para o jovem.

O encontro que ocorreria nesta quarta, segundo a polícia, foi marcado pelo idoso na tarde de terça-feira (18). O pai do menino disse à delegada que pediu que o filho fosse até o encontro do suspeito para que ele pudesse chamar a polícia para prender o homem flagrante.
Delegada disse que idoso passará noite na delegacia (Foto: Reprodução/TV Subaé)

Segundo a delegada Milena Calmon, titular da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), a família foi quem denunciou o caso. “Recebemos a família do jovem, alegando que ele estava recebendo mensagens através do whatsapp, de cunho sexual, nas quais o idoso fazia propostas ao adolescente, inclusive de dormir junto com ele, na cama dele, no quarto dele, e prometendo valores em dinheiro", disse.

O suspeito foi preso e encaminhado à DAI, no bairro Tomba. De acordo com a delegada Milena Calmon, o homem confessou em depoimento que marcava encontros com o jovem e que estava "apaixonado" pelo menino.

No momento da prisão, o homem estava com uma lasanha que, segundo a delegada, seria dada ao garoto. A comida, de acordo com a polícia, teria sido usada para atrair o adolescente.

O homem não negou ter entrado em contato com o menino, ams disse que só mandou uma mensagem. Ele ainda falou que último encontro foi marcado, porque o adolescente havia pedido uma lasanha a ele. "Ia levar a lasanha lá na casa dele, para pedir desculpa pelo o que aconteceu. Porque eu dei em cima dele, através de palavras", disse o acusado.

O adolescente contou que conheceu o idoso em junho, quando estava vendendo fogos de artifício. Segundo ele, o idoso parou para comprar, puxou conversa, e então pediu o número do telefone. No início, o menino revelou que o idoso mandava mensagens perguntando como estava a família, mas dois meses depois passou a enviar mensagens pornográficas.

O idoso, que segundo a polícia disse ter se arrependido pelo que fez, poderá responder pelo crime de indução ou atração à prostituição, ou outra forma de exploração sexual contra menor de idade, conforme o Código Penal. Segundo a delegada, ele vai passar a noite no complexo policial, e na quinta-feira (20) a Justiça decidirá se ele vai para o presídio regional ou responderá em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário