quinta-feira, 6 de outubro de 2016

'Pílula do câncer' entra em segunda fase de testes em São Paulo

Cápsulas de fosfoetanolamina produzidas desde os anos 90 no Instituto de Química de São Carlos (Foto: Cecília Bastos/USP Imagem)O Instituto do Câncer de São Paulo (Icesp) dará início a segunda fase dos testes com a "pílula do câncer". 

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (5) e a nova fase da pesquisa deverá começar na segunda-feira (10).

Agora, a fosfoetanolamina será aplicada em cerca de 200 pacientes diagnosticados com diferentes tipos de tumor. A primeira etapa, com 10 pacientes, avaliou apenas que a substância é segura. Os voluntários serão recrutados entre os pacientes atendidos pelo Icesp.

"Pacientes que ainda têm algum tipo de tratamento curativo não participam do estudo por razões óbvias. É um tratamento experimental", afirmou o diretor-geral do instituto, Paulo Hoff. Os voluntários ainda deverão estar em boas condições físicas, para garantir que seu sistema imunológico esteja funcionando.

Caso haja sucesso nessa nova fase da pesquisa, o grupo de teste poderá ser expandido gradualmente até chegar a mil pacientes. Do contrário, a droga precisará ser revista. O Icesp começou a testar a fosfoetanolamina em humanos no dia 25 de julho. O início dos testes foi aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário