quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Suspeitas de envolvimento em ataque a transexual são detidas

agressao-1ok
Duas mulheres apontadas inicialmente pela polícia como suspeitas de envolvimento nas agressões sofridas por uma transexual de 21 anos, na cidade de Maiquinique, região sul da Bahia, foram detidas nesta quinta-feira (20). As mulheres foram ouvidas e liberadas em seguida, porque não ficou comprovada a participação das duas no caso, segundo informou o delegado Irineu Andrade. A vítima ficou dez dias internada, mas recebeu alta médica na última segunda (17).

Segundo a polícia, as suspeitas, que não tiveram os nomes divulgados, são amigas da mulher que aparece em um vídeo agredindo a transexual dentro de um hospital, para onde a vítima foi após ser esfaqueada. O marido da mulher que aparece nas imagens também é suspeito das agressões. O casal está sendo procurado. A polícia fala que, ao que tudo indica, a motivação do crime foi homofobia.

“Duas foram levadas para a delegacia hoje, em cumprimento a mandado de prisão, mas depois de ouvi-las, decidimos pela liberação porque foi constatado que elas não têm envolvimento. Ouvimos ainda diversas testemunhas e não ficou comprovado a participação delas. No primeiro momento, portanto, estávamos com quatro suspeitos, mas agora chegamos ao entendimento de que somente o casal, que é amigo delas [as mulheres que foram detidas nesta quinta], participou das agressões”, contou o delegado. G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário