terça-feira, 29 de novembro de 2016

Barreiras: Facas e celulares são encontrados durante revista em delegacia


Celulares, carregadores e facas foram encontradas pela Polícia Civil de Barreiras, na região oeste da Bahia, após uma revista no complexo policial do município, realizada na segunda-feira (28).

Segundo informações da delegacia, após a operação, dez presos foram transferidos para presídios em Serrinha e Salvador.


Ainda de acordo com a polícia, revistas nas celas acontecem periodicamente no complexo de Barreiras. Atualmente, o local conta com quatro celas e abriga 90 homens, mas a capacidade é de apenas 28 presos. Os equipamentos encontrados serão investigados e destruídos pela polícia.

7 comentários:

  1. A história se repete em todos os presídios. Realizam-se apreensões e ninguém nunca tem conhecimento do resultado das apurações, imagine punições.
    Claro que tem participação ativa de funcionários, advogados etc.
    As quantidades de objetos ilicitos apreendidos dentro dos presídios e a não divulgação das apurações é um atestado de dados pelas autoridades de incompetência ou participação nos esquemas.


    ResponderExcluir
  2. Isso ai é novidade por acaso.Vá no presidio daqui de Itabuna até revolver têm,celular e droga é liberado.

    ResponderExcluir
  3. simples demais o preso quando receber visitas deverá ficar em um ambiente com vidro blindado entre ele e a visita inclusive dos colegas deles de profissões que são os corruptos dos advogados. se comunicando elo fone. quero ver não acabar isso!! fazer igual as penitenciárias dos estados unidos.

    ResponderExcluir
  4. Eu concordo com o comentário citado k;a historia se repete em todos os presidios do Brasil e aqui em Itabuna não é diferente,todo os Itabunense sabe que a qualquer momento ali naquele presidio é uma bomba relogio o qual a qualquer momento pode explodir pelo crime organizado e a facilicitação do crime organizado têm em poder;celulares,armas,drogas,tudo isso dento do presidio.Agora fica uma pergunta no ar;Quem deixar essas coisas entrar com a maior facilidade;Todos os Itabunense sabe,até a propria justiça,infelismente Itabuna o dinheiro fala mas alto em todos os sentidos.E quem manda e o crime organizado.

    ResponderExcluir
  5. Qual a novidade dessa reportagem hein? Às revistas nos presídios são as mesmas coisas que encontram . A novidade seria se encontrasse um político grande la ou se não encontrasse drogas e armas artesanais .

    ResponderExcluir
  6. O lance e dinheiro a direção do presídio sabe como entra esse material so que eles não pode acabar com esse esquema pq si a direção coibir vão peder muito dinheiro

    ResponderExcluir
  7. Eu concordo com os comentarios acima citados,se a policia for investigar, não precisa nem investigar todos nós a sociedade e o poder judiciario sabe o k;acontece no presidio de Itanbuna,a culpa é do governo k;coloca politicos para admistrar,os agentes sem nenhum preparo,na verdade nem testes faz para entrar para trabalhar,sem nenhuma qualificação.O k;acontece suborno lá dentro.

    ResponderExcluir