segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Conquista: Polícia não está convencida que pai de santo foi vítima de latrocínio em lava jato

O pai de santo e proprietário de um auto posto, Paulo Roberto Pereira Santana, vulgo “Paulão”, de 55 anos, foi assassinado a tiros por volta das 11h30 deste domingo (13). O crime ocorreu na Rua C, do bairro Morada Real, em Vitória da Conquista.  Os criminosos teriam tentado forjar um roubo para executar a vítima.

Paulão se preparava para retirar o seu veículo do auto posto, quando parou um veículo, dois homens desembarcaram, foram até a janela do motorista, anunciaram um assalto e exigiram que ele entregasse o celular. No instante que Paulão entregou o aparelho, os bandidos começaram a atirar. A vítima não teve como escapar e foi alvejada com vários tiros. O Samu 192 esteve no local, mas nada pode fazer. Paulão já estava morto. A polícia não acredita em latrocínio e trabalha com a hipótese de execução.
Na semana anterior, a vítima havia sido conduzida a delegacia, após ser presa por conduzir veículo alcoolizada. Ele chegou a bater o carro que conduzia em vários outros estacionados em via pública. Paulão se negou a soprar o bafômetro, mas passou por exame pericial, que teria constatado o ilícito, sendo liberado após pagar fiança. Paulão era natural de Itambé, mas residia em Vitória da Conquista, onde tinha o Auto Posto e era pai de santo. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal. A motivação e autoria do criem ainda são desconhecidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário